11 Motivos para Continuar e Acreditar no Nosso Trabalho.

Há algum tempo já estava indecisa sobre meu trabalho, Não penso como meu chefe, as vezes  parece que muitos resultados não são levados em conta. Hoje fiquei buscando 10 motivos para pedir demissão, mas decidi tornar a busca mais interessante, procurei 11 motivos para não pedir demissão.

divisores

Eu adoro a empresa, em meio a alta da inflação e o mercado cada vez mais brusco,nós estamos vendendo, talvez não acima do suficiente,mas ainda sim é um ponto positivo. A maioria das pessoas são interessantes e fáceis de se lidar, afinal, com um sorriso, educação e paciência podemos lidar muito bem com todo mundo.

Eu acredito na empresa, eu sou uma pessoa que pensa da seguinte forma, se algo não começou bem não terminará bem, procuro mudar a estratégia e pensar de mente aberta. Se eu não acreditasse já teria saído, mas nós temos potencial, só somos jovens de 3 anos de mercado superando as barreiras e estamos conseguindo.

Um dos pecados mais comuns em ME é quando os sócios não se entendem ou agem em desacordo, isso é uma ameaça ao futuro da empresa, sócios não precisam ser melhores amigos, mas dentro da empresa eles precisam ter e estar focados no mesmo objetivo. Eu também acredito neles, não são líderes em potencial, mas como administradora eu percebo que a maturidade a cerca disto tem se tornado evidente.

Nosso produto tem qualidade, quando eu comecei a trabalhar nesse ramo de embalagens,me preocupei com a procedência da matéria-prima, e o fato de termos um expert no assunto, foi e é um ponto positivo. Receber e-mail do cliente avaliando e parabenizando a qualidade,realmente não tem preço.

Aprender é tudo, um profissional de sucesso está sempre aprendendo, e um emprego que lhe proporciona isso é maravilhoso, no trabalho não é frequente mas ainda sim da para aprender algo novo de vez em quando, mas desde o início sempre, todos, me aconselharam e parabenizaram por ainda estar estudando.

Eu não cobro hora extra, porque se eu precisar ir no médico, eu tenho o tempo e o horário que eu precisar, não conheço outro lugar que faça isso,ou seja, reconheça as facilidades e os benefícios e seja grato por isso.

Por mais que o meu chefe não seja um líder, eu como profissional administrativo devo ser um. Eu sei lidar com as pessoas, mas preciso buscar sempre um método eficaz para integrá-las e adaptar da melhor maneira os objetivos nas funções.

Eu acredito no meu potencial, para trabalhar em equipe e atingir o objetivo comum da empresa, sim, acredito em mim e nas pessoas ao meu redor, acredito na garra de cada um e principalmente no nosso trabalho junto.

Hoje foi o dia D, indisposta, motivação lá embaixo, não me sentia nada criativa; parei para pensar e lembrei de um post que li na blogosfera a  um tempo atrás, resumindo, minha motivação sou eu. Difícil se motivar todos os dias com tantas coisas para resolver, mas é ai que entra a questão: Qual meu objetivo? O que posso fazer para melhorar ? – Se não está bom mude de estratégia.

Você está disposto(a) a mudar ? As vezes nos vemos na zona de conforto e nem percebemos, o mundo está girando e a gente pensa que o erro só está la fora, graças a Deus eu penso muito antes de agir, sempre que me sinto indecisa ou insatisfeita eu revejo se não sou eu que parei no tempo. Será que meu pensamento está aplicável? Porque a outra pessoa pensa tão diferente de mim? E se eu pensar como ela? Se colocar no lugar do outro, “sair fora da caixinha”, nos mostra outros horizontes e novas respostas.

No meu primeiro dia de aula na graduação  em Administração o professor disse: ” – Se vocês não querem dor de cabeça, problemas para resolver, lidar como caos, por favor se retirem…”.  Adivinhem o que fiz, continuei na sala, eu escolhi o que sou hoje e aprendi a não desistir enquanto tiver boas opções e possíveis resultados significativos, então eu ainda continuo aqui,até quando Deus quiser.

Acabei encontrando outros motivos para ficar, mas eu conto outra hora.

Beijos!!!

img_64341